Provisão Financeira, pra que serve?

Cleber Correia – CC1 Consultoria
Accion Sistemas

Apurar o resultado de uma empresa é de extrema importância, mas nem sempre é encarado e realizado da forma considerada mais adequada. Um dos fatores que são frequentemente confundidos ou desprezados são as chamadas provisões. Mas o que são provisões? Podemos definir o termo provisão como sendo uma obrigação constituída para um futuro recente de valor ainda incerto.

A provisão é um conceito contábil que dita que a apuração dos resultados deve obedecer ao regime de competência, que consiste em registrar as entradas e saídas de recursos financeiros não pela data de recebimento e pagamento, mas sim pela data em que o direito ou a obrigação foi contraída.

Sendo assim, as vendas deverão ser registradas na data em que foram realizadas, independente se foram recebidas ou não, e as compras e despesas também devem ser lançadas na data em que aconteceram, mesmo que o pagamento não tenha sido realizado. As vezes uma despesa é contraída em um mês, mas o pagamento ocorrerá parcelado nos meses seguintes, sendo assim seu registro deverá ser realizado integralmente no mês em que foi contraída.

PROVISÃO

Bem, e onde entram as provisões?

As principais provisões são obtidas com base nos salários, devedores duvidosos e depreciação,  não sendo únicas, mas as mais comuns. Quando uma empresa paga salário para seus colaboradores, o que geralmente ocorre no início do mês seguinte, os seus valores devem ser registrados no mês para o qual competem, e sobre o valor pago devem ser previstos os valores que a empresa pagará no futuro que são reflexos deste salário.

O exemplo mais comum é o décimo terceiro salário que é pago geralmente nos meses de novembro e dezembro de cada ano, porém a origem do valor do décimo terceiro, que é um doze avos do salário bruto pago, vai se acumulando mês a mês até o efetivo pagamento em novembro e dezembro, ou seja, esta parcela de um doze avos, deve ser registrada na competência do mês que gerou esta obrigação de pagamento, e não no mês do efetivo pagamento.

Com a aplicação das provisões conseguimos apurar o resultado das operações empresariais, conhecendo seu lucro, conhecer exatamente quais são as despesas da empresa e ainda possibilita a realização de um planejamento financeiro adequado.

Um sistema de gestão completo auxilia nesta análise através de controle de fluxo de caixa e emissão de diversos relatórios para fornecer as ferramentas necessárias para você gerir seu negócio com excelência!

Conheça mais sobre a CC1 Consultoria em seu site e entenda como uma consultoria pode facilitar o processo de estruturação do controle financeiro de sua empresa.

 

Cleber 2

 

banner planejamento fiancneiro ebook